0

Pacto: jogadores convocam diretoria

HD Fotografia Alessandro Globo B (6 de 13)

Alessandro Matias via GloboEsporte.com

Se depender de palavras e atitudes, no elenco do Sport, o time não vai ter problemas e seguirá na primeira divisão em 2015. Além da torcida, que está comprando ingressos e marcando presença para domingo, no jogo contra o Figueirense, os jogadores do elenco rubro-negro convocaram uma reunião, com a diretoria do Sport, para fechar um pacto.

A conversa aconteceu nas últimas horas e os diretores presenciaram e ouviram, dos jogadores, os agradecimentos pelas condições dadas dentro do clube e adiantaram, para os presentes, que o Sport não poderia cair de divisão. Concluíram o encontro afirmando que o elenco irá se esforçar ao máximo e que, se depender da vontade e esforço de todos, o Sport finalizará o ano de 2014 cravando a participação no Brasileirão Série A 2015.

 

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

0

Ingressos: quem não comprou, corra para comprar!

HD Fotografia Alessandro Globo B (6 de 13)Alessandro Matias via GloboEsporte.com

O Leão joga contra o Figueirense, no próximo domingo, e a torcida está fazendo a sua parte. Desde o início das vendas, exclusivas para sócios, a movimentação é grande. O torcedor do Sport vem dando o seu recado: Ilha lotada!

Já foram vendidos mais de 22 mil ingressos no geral. Neste total, já estão computados os ingressos do projeto Todos Com a Nota.

Outra boa notícia é que a arquibancada do placar também será ocupada pelos rubro-negros.

Caso tenha algum torcedor do Figueira, presente na Ilha, este será remanejado para um camarote ou para o setor de cadeiras cativas.

É bom que o rubro-negro, que comparecer ao jogo, saiba que o apoio, nos noventa minutos, é fundamental.

E se houver algum imprevisto durante o jogo… É apoiar o time!

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

 

 

0

Maradona: o maior jogador de futebol de todos os tempos!

Por José Henrique*

O camisa 10 estava do lado direito no seu campo defensivo de costas para o gol adversário quando recebeu a bola. Um marcador veio, mas ele pisou na bola girou o corpo sobre a ela e quando chegou o segundo marcador ele deu um tapa na diagonal em sentido à lateral direita de campo; quando a bola cruzou a linha do meio campo ele, com a perna esquerda, deu um outro tapa na bola.

A esta altura um dos marcadores já tinha ficado para trás e o segundo acompanhava mais à distância. Como se tivesse cola na chuteira, ele gruda a bola sob seu domínio e vê um zagueiro “fechar” seu lado direito, obrigando-o a ir pelo meio da zaga. O inocente não percebeu que deixou para o 10 o seu melhor lado e o corte seco deixou  o oponente de forma tão fácil, que o mesmo teve que olhar para trás para ver o avanço do meia.

 

O quarto oponente tentou segurá-lo na entrada da grande área, mas foi em vão; o camisa 10 passou batido e com mais um corte seco, agora no goleiro, Maradona fez o mais belo gol de todas as Copas do Mundo.

Por mais fanático que seja um torcedor brasileiro não há, em hipótese alguma, como negar o talento gigantesco do maior canhoto que o futebol mundial já viu. O que muitos faziam com duas pernas Maradona fazia com a mágica canhotinha. El Diez era uma monstruosidade de habilidade e qualidade técnica.

Um baixinho de 1,66 cm, que se transformava em gigante dentro das quatro linhas. Praticamente impossível de parar, tinha uma arrancada sensacional e colava a pelota no pé como hoje faz Messi. Mesmo tendo habilidade apenas com uma das pernas, driblava para os dois lados e se contorcia de forma inimaginável para desconcertar zagueiros e goleiros adversários.thumbmaradona

Começou a brilhante carreira no Argentino Jrs, mas foi no Boca que se consagrou e virou mais que um ídolo; Na Bombonera é um verdadeiro rei, um Deus. Por maior que seja o clube argentino, o talento de Maradona extrapolou o continente e foi para o Barcelona, onde chegou para ser o ídolo que a torcida tanto queria, mas problemas de saúde, físicos e de comportamento o fizeram sair mais cedo para Itália sem muita contestação dos diretores catalães.

No Napoli(ITA)Maradona foi um verdadeiro imperador italiano. Viveu alguns de seus melhores anos na Itália ao lado do brasileiro Careca e levaram o time napolitano a uma hegemonia no Calccio que até hoje não foi repetida. Outrossim, foi lá que teve contato com a máfia que controlava o time e o apresentou ao seu pior pesadelo: a cocaína.

Levou a Argentina de forma (quase) incontestável ao título mundial de 86. Difícil não lembra de La mano de Dios contra a Inglaterra e na forma como foi sentida como uma pequena vingança por conta das Malvinas. Junto com Pumpido, Ruggeri, Valdano e Buruchaga, El Pibe deixou em êxtase os fãs portenhos, que desde então sofrem com a falta de títulos.

Don Diego não tinha fora de campo a força mostrada dentro dele. Não resistiu às tentações, pressões e facilidades da vida de jogador e caiu em desgraça por várias vezes. O temperamento explosivo de que tanto gostavam os argentinos foi seu algoz em muitas ocasiões, como na briga generalizada que começou quando atuava no Barcelona e lhe causou uma suspensão por 3 meses.

Maradona não tinha talento para santo, mas como alguns dos mais brilhantes gênios tem a cabeça confusa. Conseguiu encontrar espaços que mais ninguém via e tinha um jeito de bater na bola todo especial. Conseguia fazer a gorduchinha fazer curvas incríveis (e olhe que na década de 80 não tinha Jabulani) e não era raro ele fazer gols e deixar os goleiros com cara de bobo. Curioso é que seu gol de cabeça mais famoso foi com a mão.

Definir Maradona com qualquer adjetivo menor que genial é impossível, assim como é impossível adjetivar Maradona. Adjetivá-lo é prendê-lo a amarras que seu futebol não tinha. Ele foi um pequeno gigante que conquistou o mundo e como os grandes outros mestres e gênios esteve acima de todos do seu tempo.

Pena que sua última imagem em Copas foi a dele com a enfermeira do dopping… Ele merecia mais!

E antes que, primeiramente, a torcida do Santos e posteriormente a brasileira me mate eu me explico:

Maradona foi o maior de todos os tempos no futebol, porque Pelé é simplesmente incomparável. Se houvesse uma escala Pelé estaria só e um tanto abaixo apareceria sozinho Maradona e só depois os outros meros mortais.

30/10 Feliz Cumple Pibe de Oro!

*José Henrique escreve para o site parceiro Canelada F.B.

O texto não reflete, necessariamente, a opinião do Eu Pratico Sport.

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

0

Martorelli critica departamento físico do Sport e estuda reorganizar o setor

 Presidente afirma que Sport precisa melhorar preparação, mas não especifica se as mudanças estão relacionadas à troca de funcionários ou modernização de máquinas

João Humberto Martorelli Sport (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Martorelli afirma que preparação atrapalhou o Sport (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

O retorno de Leonardo e Regis aos treinamentos praticamente encerrou a crise no departamento médico do Sport, que chegou a contar com dez atletas em tratamento. No entanto, o longo período para recuperação de alguns atletas como Ewerton Páscoa, Leonardo, Régis e Rodrigo Mancha, que ficou cinco meses tratando uma lesão na coxa, fez com que o presidente João Humberto Martorelli decidisse reestruturar o departamento físico do clube para próxima temporada.

Atento aos problemas enfrentados pelo técnico Eduardo Baptista, o presidente atribuiu a queda de rendimento da equipe aos problemas físicos.

- Acho que precisamos ter uma visão mais científica na questão física e no departamento médico do clube. Estamos analisando como iremos trabalhar para isso. Creio que o principal fator para o declínio a parte física e na preparação.

Apesar da crítica ao setor, Martorelli preferiu não revelar se pretende fazer mudanças em relação aos funcionários do departamento físico, que atualmente é comandado por Edvaldo Tacão, ou se a reestruturação passar por melhorar os equipamentos do clube.

- Ainda estamos avaliando as medidas. Temos que refletir e ver que as ações adotaremos.

A desconfiança do presidente ganhou força com os casos de Rodrigo Mancha, Ewerton Páscoa, Leonardo e Régis. Em comum, todos tiveram lesões musculares e voltaram a sentir quando estavam realizando processo de transição do departamento médico para o físico. O caso mais complicado foi o de Mancha, que ficou cinco meses fora dos gramados por conta de uma lesão na coxa.

GloboEsporte.com

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

0

Hóquei: Sport perde no “Clássico dos Clássicos”

(Foto: site oficial)

Os meninos  do Sport perderam ontem para o Náutico, na quadra do adversário, pelo plalcar de 5×4. A partida foi pela segunda rodada do terceiro turno do Campeonato Pernambucano. O próximo desafio é contra o Clube Português no dia 8 de novembro.

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

0

Ingressos serão ‘carregados’ nas carteirinhas de sócio

Arte: Márcio Leandro

 

Associados leoninos precisam apresentar documento que comprova associação na compra do bilhete e na entrada do estádio. Entenda detalhes

Com preços reduzidos, entre R$ 5 e R$ 10, os ingressos para o jogo entre Sport e Figueirense, marcado para o próximo domingo (02), às 16h, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Brasileiro, estão disponíveis para os sócios rubro-negros. E, visando o conforto de sua torcida, o Leão comunica que, para entrarem no estádio, os associados precisarão apresentar suas carteirinhas, pois nelas serão ‘carregadas’ as suas entradas. O próprio cartão que comprova a associação servirá para que o acesso seja validado, magneticamente, nas catracas do estádio.

No caso dos sócios que preferirem adquirir seus ingressos diretamente nas bilheterias do clube, a carteirinha deverá ser apresentada no momento da compra e também na entrada do estádio. Já os associados que optarem por garantir sua entrada através da internet, pelo site Sport de Verdade (sportdeverdade.com.br), os dados de seus registros de sócios deverão ser confirmados no sistema online. Em ambos os casos, as orientações valem para os associados titulares e dependentes.

CRONOGRAMA -  Os ingressos começaram a ser vendidos na quarta-feira (29), apenas para sócios, na internet (sportdeverdade.com.br) e, nesta quinta-feira (30), os associados ganharam a opção de também poder comprar nas bilheterias do clube. A partir da sexta-feira (31), o público geral terá acesso às entradas, nos tradicionais pontos de venda da Praça da Bandeira, mantendo-se, paralelamente, as vendas para sócios.

Site oficial

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

0

Ingressos para Sport x Figueirense

(Foto: Sport Club do Recife)

O jogo contra o Figueirense, domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Brasileiro, será muito importante para as pretensões do Sport na primeira divisão em 2015. O sócio já pode comprar o seu ingresso nas bilheterias do clube desde hoje no horário das 9h às 17h.

Amanhã as vendas irão iniciar para o público em geral.

Confira:

Pontos de venda

Bilheterias sociais do Sport (para sócios)
Bilheterias do Arco (para não sócios)

Cronograma

30/10 – Das 9h às 17h
31/10 – Das 9h às 17h
01/10 – Das 9h às 13h
02/10 – Das 9h ao início do segundo tempo

Valores

Ampliação (Portão 11)

Não sócio – R$ 15,00
Proprietário – R$ 10,00
Proprietário (meia) – R$ 5,00
Proprietário (sócio) – R$ 5,00
Sócio – R$ 5,00

Arquibancada frontal (Portões 6, 7 e 8)

Inteira – R$ 10,00
Meia-entrada – R$ 5,00
Sócio – R$ 5,00

Assento especial (Portão 4)

Setor família – R$ –
Não sócio – R$ 15,00
Proprietário – R$ 10,00
Proprietário (meia) – R$ 5,00
Proprietário (sócio) – R$ 5,00
Sócio – R$ 5,00

Cadeira Central (Portão 2)

Não sócio – R$ 20,00
Proprietário – R$ 10,00
Proprietário (meia) – R$ 5,00
Proprietário (sócio) – R$ 5,00
Sócio – R$ 10,00

Cadeira de conselheiro (Portões 1 e 2)

Conselheiro – R$ 5,00
Convidado de conselheiro – R$ 10,00

Camarote (Portões 1 e 11)

Proprietário – R$ 10,00
Proprietário (meia) – R$ 5,00
Proprietário (sócio) – R$ 5,00
Sociais (Portão 3)
Sociais Unilife Saúde – R$ 5,00

Visitante (Portão 10)

Visitante  - R$ 10,00
Visitante (meia) – R$ 5,00

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

0

Hóquei: Náutico x Sport hoje nos Aflitos

Link permanente da imagem incorporada

(Foto: @HoqueiSport)

O hóquei do Sport, que recentemente foi Campeão Brasileiro, enfrentou e venceu o Clube Português, em seu último confronto pelo certame estadual. Hoje é a vez do time encarar o Náutico, na quadra do adversário, às 21h15, nos Aflitos, pelo terceiro turno do Campeonato Pernambucano 2014.

Boa sorte para os leões!

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

1

Sport: mudanças no time

ESCUDO SPORT

 

O Sport fez um coletivo ontem, no CT José de Andrade Médicis, visando o jogo do próximo domingo, contra o Figueirense, na Ilha do Retiro. O técnico Eduardo Baptista elaborou algumas mudanças já testando o time que joga no próximo final de semana: Rithely, Ewerton Páscoa, Danilo e Ananias entraram na equipe principal.

Quem deve voltar também é o lateral direito Patric, que não atuou diante do Atlético MG por causa de cláusulas contratuais com o clube mineiro. O Leão trabalha hoje pela manhã e tarde no CT.

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.

0

Para Figueira ficar na Série A, basta dever de casa ante rivais já vencidos

Equipe inicia no domingo série de sete jogos em que ficou invicto e arrancou neste Brasileiro; time precisa de 9 pontos, sendo que tem três jogos dentro de casa

  
figueirense treino (Foto: Luiz Henrique / FFC)Figueirense precisa de nove pontos para seguir na elite do futebol brasileiro (Foto: Luiz Henrique / FFC)

 

O Figueirense inicia no próximo domingo a sequência que o retirou da zona do rebaixamento e o colocou em uma situação mais real de luta contra a queda. Depois do jogo contra o Cruzeiro, no primeiro turno, em que foi goleado por 5 a 0, o time de Argel Fucks reagiu e emplacou uma série de oito partidas sem derrotas. Agora, o Figueira terá sete jogos para definir o seu rumo neste Brasileirão e terá que, na teoria, conquistar “somente” nove pontos, ao invés dos 18 pontos que teve na primeira parte do Brasileiro.

Cinco vitórias e três empates diante de Sport, Chapecoense, Atlético-MG, Botafogo, Vitória, São Paulo, Inter e Fluminense (que já era o começo do segundo turno). Naquele período o time catarinense somou, ao todo, 18 pontos em oito jogos. A realidade agora diz que o time alvinegro precisaria de 9 pontos, nos sete jogos seguintes. Ou seja, a metade dos pontos. Das sete partidas que restam, quatro serão fora de casa e três no Orlando Scarpelli. Portanto, “basta” ao Figueirense fazer o dever de casa para conseguir escapar do rebaixamento e chegar aos tão sonhados 45 pontos. Em casa o Figueira terá pela frente: Chapecoense, Vitória e Inter.

No primeiro turno, nesta sequência invicta, nos jogos dentro de casa, o Figueirense teve dois empates (Atlético-MG e São Paulo) e duas vitórias (Sport e Botafogo). Um total de oito pontos ganhos, o que não seria suficiente para “garantir” o time na Série A em 2015. Porém, o desempenho fora de casa nestes jogos da primeira parte do Brasileiro é que fizeram a diferença – Chapecoense, Inter e Vitória. Portanto, basta ao time alvinegro repetir as vitórias sobre este trio que a manutenção estará garantida. É esperar para ver.


A sequência do primeiro turno
 (18 pontos ganhos em 8 jogos)
Figueirense 3 x 0 Sport
Chapecoense 0 x 1 Figueirense
Figueirense 2 x 2 Atlético-MG
Figueirense 1 x 0 Botafogo
Vitória 0 x 1 Figueirense
Figueirense 1 x 1 São Paulo
Inter 2 x 3 Figueirense
Figueirense 1 x 1 Flu (jogo do returno)

O que o Figueira precisa
Segundo o matemático Tristão Garcia, o Figueira precisa de mais nove pontos para escapar da degola. Portanto, basta vencer três partidas.

GloboEsporte.com

Pratique Sport nas redes sociais:

no twitter @alessandromc aqui;

curta o Facebook Eu Pratico Sport aqui;

no Instagram Allessandromc aqui.