0

Vídeo: os bastidores da chegada de Ney Franco ao Sport

 

O novo comandante rubro-negro chegou ontem e foi logo para o CT do clube conhecer a turma e a estrutura do clube. Logo em seguida, foi para a coletiva de imprensa e entrou, literalmente, em campo com o grupo. Confira as imagens oficiais da chegada de Ney Franco ao Sport.

0

Praticando Sport: Diego Souza presenteia jogadores da seleção brasileira com o manto do Sport e registra o momento no Instagram

Diego Souza ao lado de Neymar, Paulinho, Marcelo e Thiago Silva. Foto: reprodução

Thiago Silva, Neymar, Paulinho e Marcelo praticaram Sport com Diego Souza, (Foto: Instagram de Diego Souza)

 

Se tem um jogador que só tem dado orgulho para a torcida do Sport, esse jogador é Diego Souza. Além de ser o titular do time, e convocado para a seleção brasileira principal, o craque tem divulgado a marca Sport por onde pode. Na foto, DS87 presenteou os alguns jogadores da seleção e registrou o momento no seu Instagram.

0

Personagem “O militante”, do programa “Tá no Ar”, afirma que a Rede Globo não aceita que 1987 é do Sport

 

 

Alessandro Matias

 

Ontem, no intervalo do jogo da seleção brasileira, muitos tiveram uma grande surpresa com a entrada do personagem “o militante” – um pernambucano de Olinda, que sempre se revolta contra o sistema e, principalmente, contra a Rede Globo.

Nas imagens, ele afirma que a emissora tem conluio com a Endemol e a FIFA. O detalhe da resenha é que a primeira não tem nada a ver com o assunto futebol. Para se ter uma ideia, ela é a dona dos direitos do programa Big Brother. Já a segunda, tem o Sport como campeão de 1987 sem nenhuma dúvida. Mesmo assim, com contradições de todos os lados, ele afirmou que a Rede Globo não aceita que 1987 é do Sport.

 

 

0

Quem saiu e quem ficou: confira a comissão técnica do Sport após a chegada de Ney Franco

Ney Franco é apresentado oficialmente como técnico do Sport

Ney Franco chegou ao Sport com o seu assistente técnico e também com um preparador físico. (Foto: Sport C.R.)

 

Alessandro Matias

 

A mudança de técnico no Sport não poderia deixar ser diferente de qualquer outra agremiação de futebol. Se tem gente chegando, tem gente saindo. Sendo assim, com a chegada de Ney Franco, o Sport ganha dois novos funcionários em sua carteira: Alexandre Grasseli e Alexandre Lopes. O primeiro será o novo assistente técnico. Já o segundo, será o preparador físico do departamento profissional. Assim, Dutra, que foi campeão da Copa do Brasil em 2008, saiu do clube juntamente com preparador físico Ricardo Henriques.

Como é do conhecimento de todos, Daniel Paulista será o coordenador da base do Sport e será um dos assistentes do futebol profissional. Na prática, assumirá apenas a base, já que o técnico Ney Franco já tem o seu escolhido para a função. Na fisiologia, o rubro-negro continua com o competente Inaldo Freire. Já Thiago Duarte – ex- assistente técnico – seguirá o caminho de analista de desempenho dentro do Leão.

0

Transição: Daniel Paulista liderou o treino de ontem

Daniel Paulista aceita convite para permanecer no clube

Daniel Paulista está fazendo a transição do elenco para Ney Franco. (Foto: Sport C.R.)

 

Alessandro Matias

 

Para quem acha que seria um constrangimento para Daniel Paulista passar o treino de ontem liderando as movimentações do grupo, ledo engano. Pelo menos foi isso que demonstrou o agora coordenador da base rubro-negra no meio de campo de todas as movimentações na tarde de ontem. Falando muito e orientando a turma, tratou o grupo (e a todos que estavam presentes) como se nunca tivesse sido técnico do futebol profissional e que saiu do cargo em poucos dias.

Se foi uma sacada da diretoria? Não acreditamos nisso. Pelo contrário. Seria uma lógica comum de acontecer que o profissional, que aceitou ficar no clube, assumisse a transição até a pegada final do atual técnico do Sport.

Redes sociais

Ficamos impressionados como ainda tem gente que tenta colocar problemas em uma assunto passado. Tem perfil na internet que está “colocando no ar” algum tipo de manobra para a continuação de Daniel Paulista no clube. Isso só encaminha a nossa visão para duas coisas: falta do que fazer, tentativa de aparecer ou “falar demais por não ter nada para dizer”. Essa última, com créditos para o grande Renato Russo.

0

Confira como foi a apresentação de Ney Franco

Ney Franco é apresentado oficialmente como técnico do Sport

(Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

 

Alessandro Matias

 

O Sport acabou de apresentar o novo técnico leonino. Ney Franco, na oportunidade, falou que já trabalhou com alguns atletas do grupo e que já conhece a grande maioria por ter enfrentado na carreira. Com relação a pausa que o técnico deu para estudar inglês nos Estados Unidos, o comandante rubro-negro relatou que estava estudando futebol, também, e que vinha acompanhando o futebol brasileiro e mundial pela tv.

Transmitimos ao vivo a apresentação no nosso Facebook. Confira como foi clicando aqui.

1

Opinião: “A humildade de Daniel Paulista impressiona”

Daniel Paulista aceita convite para permanecer no clube

(Foto: Sport C.R.)

 

Alessandro Matias

 

O clima na cabeça do ex-técnico do Sport não deve ter sido coisa fácil de digerir desde o último domingo. Fico imaginando o que passou e como foi com a sua família. Imagino, ainda, ter que decidir se ficaria no clube ou não. Uma tarefa complicada para qualquer ser humano no mercado do futebol e cheio de vaidades.

Daniel Paulista já confirmou que aceitou a proposta do Sport para ficar como um dos auxiliares fixos do clube e também responsável pelas categorias de base. Como não poderia ser diferente, uma proposta financeira boa e acima do que a média do mercado de futebol local, regional e até mesmo brasileiro, paga para as responsabilidades das funções. E tem que ser assim mesmo. O cara tem potencial para o que vai fazer nas duas funções e o clube tem que ter essa estrutura diferenciada.

O que impressiona é a humildade do Daniel. A regra seria que ele não ficasse no clube e se mandasse para qualquer outra agremiação do país em busca dos seus sonhos. Eu disse que seria a regra. Mas como toda, tem exceção. Contrariando opiniões da imprensa, e dos torcedores nas resenhas pelo Recife, o cara decidiu ficar, estudar, e aceitar os desafios impostos pelas novas funções. Jogou no lixo a vaidade que alguns demostraram que ele deveria ter e colocou à mesa mais admiração da torcida pelo profissional.

Para quem acha que ele vai ser uma sombra para o atual técnico do Sport, ledo engano: o Ney Franco vem com um auxiliar técnico e não passa na cabeça de ninguém que isso aconteça em um período curto. Nem na cabeça do Daniel.

 

0

Novidades no treino de ontem do Sport

De volta da Seleção, Diego Souza comenta atuação e já foca no Central

Diego Souza deve chegar antes da equipe em Campina Grande. (Foto: Sport C.R.)

 

Alessandro Matias

 

Um pouco de “ressaca” após a saída do técnico Daniel Paulista foi o clima no CT rubro-negro no dia de ontem. Como sempre, os jogadores que não atuaram contra o Santa Cruz fizeram a movimentação tática em um campo reduzido sob o comando de Dutra. Este, por sinal, com saída de Daniel, está com uma grande interrogação sobre o seu futuro na Ilha. Especula-se que terá o mesmo caminho do ex-técnico nas categorias de base.

A novidade da movimentação de ontem ficou por conta da aparição do atacante Lenis e do meio de campo Rithely. Ambos estavam machucados na coxa e na lombar, respectivamente. Ainda sobre eles, existe a possibilidade do Sport contar com a dupla já para o jogo de quinta-feira, contra o Campinense, em Campina Grande.

Logística

No caso de Diego Souza e Mena, que estarão em campo pelas suas seleções, o clube já fez uma logística para contar com os dois no decisivo jogo pela Copa do Nordeste. DS87, inclusive, deve chegar em Campina Grande antes mesmo do que o elenco rubro-negro e ficar no hotel aguardando o restante da equipe.

1

Zé Henrique: “Um empate, uma queda e um Franco”

Leão estreará quarteto ofensivo diante do Sampaio

Zé Henrique

O Sport ontem, sem a menor razão lógica, entrou com o time titular para enfrentar os reservas do Santa Cruz,  na Ilha do Retiro. O pior não foi empatar, mas o time não ser minimamente eficiente contra uma equipe apenas bem postada em campo, apesar de sua imensa fragilidade.  Daniel mostrou, mais uma vez, que não sabe mudar a forma de jogar do time, apesar do que se apresenta em campo não rende.

O time dependeu de talentos individuais e neste cenário, André foi subutilizado e foi mero espectador na primeira etapa. Sua melhor jogada foi no campo de defesa do Sport e isso, por si só, mostra que tem algo muito errado. A extrema dependência de Rogério e o posicionamento errado de Everton Felipe tornaram o time previsível e fácil de ser marcado pelo tricolor.

Na segunda etapa, uma leve melhora, um gol em uma jogada de Rogério e um gol de falta do tricolor fizeram o Sport não conseguir vencer nenhum dos quatro clássicos que disputou em 2017. Apegado ao rendimento matemático da equipe, faltou a Daniel analisar o desempenho do time nas quatro linhas. Sua história não ficará manchada, pelo contrário, ele tem tudo para dar a volta por cima no futuro.

Sua queda era iminente, pelo fator campo e pela necessidade de dar uma mexida forte no grupo em um mês altamente decisivo para o Leão. Os jogadores até entraram em apoio com ele, que é uma pessoa excelente, mas nem assim conseguiram salvar o comandante. Precisa amadurecer mais taticamente e nas observações do time em campo.

Franco

Para o lugar de Daniel, o Sport já fechou com Ney Franco, que desde 2015 segue em período sabático. Tomara que ele tenha usado este tempo como Guardiola usou e chegue renovado e faça o time jogar bem rapidamente. Qualidade o elenco tem de sobra para dar conta do Pernambucano, do Nordestão, do Danúbio e do Joinville.

Na última vez que o Leão trouxe um técnico vindo de um período sabático foi Emerson Leão em 2009. Foi uma catástrofe absoluta. A situação agora é outra e o perfil dos treinadores é muito diferente. Então, faz-se necessário torcer por um choque de gestão rápido e eficiente e que traga um resultado já na quinta-feira contra o Campinense.

Não há tempo a perder e o Sport não pode passar outro ano em branco.

Agora é apoiar Ney Franco 200% para trazer ao Sport a sua grandeza de volta.

Zé Henrique é colunista do site Canelada F.C. e mora no Recife.

O texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Eu Pratico Sport.

Foto: Sport Club do Recife.

0

Marketing: Adidas não será mais a fornecedora de material esportivo do Olympique de Marseille

Olympique Marseille y PUMA

 

Desde 1996 a Adidas era a patrocinadora de material esportivo do time de Marseille. Estima-se que o novo contrato da Puma vai ultrapassar os 14 milhões de euros por ano. A grife alemã, atual fornecedora de material esportivo, paga 10 milhões de euros.

Apesar da assinatura com a nova marca, a parceria somente terá validade em meados de 2018. Até lá, o clube vestirá uniformes com as três listras.

0

Ney Franco: falta assinar

Resultado de imagem para Ney franco

Sport aguarda somente a assinatura para oficializar o nome de Ney Franco. (Foto:Rafael Ribeiro / CBF)

 

Alessandro Matias

 

Não dá nem para acreditar que Arnaldo Barros e equipe conseguiram negociar e quase fechar um acordo com o técnico Ney Franco após o clássico de ontem. Seria incomum e fora de um critério de coerência: surreal.

Na verdade o Sport já vinha negociando com alguns nomes desde as semanas anteriores quando constatavam que o time não assumia a postura na altura dos nomes que compõem o atual elenco. Ontem, ao final da noite e início da madrugada, chegou o nome de Ney Franco para o comando do Sport. A notícia mais recente é que o técnico apenas falta assinar com o clube. Esse seria o detalhe final para a oficialização do nome.

Ney Franco está fora do mercado desde que optou por estudar inglês nos Estados Unidos e aproveitar, também, para estudar futebol no país. O provável técnico do Sport tem em seu currículo o Flamengo, Botafogo, São Paulo, Atlético-PR, Coritiba, Vitória e as categorias de base da Seleção Brasileira.