[2020] Com poucos jogadores com vínculos contratuais, Sport busca reformulação

(Foto: Anderson Stevens/Sport)

 

Do atual elenco rubro-negro, poucos são os jogadores estão com vínculos contratuais para iniciar a temporada 2020 

 

Se o Sport ainda não está no momento de férias, pode-se falar que o clube anda em ritmo desacelerado dentro de campo em virtude da conquista da vaga para a elite do futebol brasileiro 2020. Sendo assim, o elenco se apresenta hoje para iniciar o que vai ser a última prova da Série B deste ano: o jogo contra o Atlético/GO, em Goiânia.

Na Ilha, conforme relatou o Chico Guerra, diretor de futebol do Leão, os dirigentes já estão focados faz tempo na reformulação do elenco. No momento, a preocupação é baseada no pouco contingente de atletas aptos para vestir a camisa rubro-negra no ano que vem. Para se ter uma ideia, do atual elenco, poucos jogadores têm vínculo contratual para 2020. São eles: Maílson, Chico, Eder, Ronaldo, Pablo Pardal, Juninho, Adryelson, William Farias e Sander. Para piorar a situação, apenas os três últimos foram titulares do time em 2019.

Contratações

Recentemente, em em entrevista concedida ao repórter Alessandro Matias, Klauss Câmara, executivo do Grêmio, deixou escapar que existe a possibilidade de negociação de alguns atletas do tricolor gaúcho com o campeão brasileiro de 1987. É bom destacar que não será a primeira vez que o rubro-negro se beneficiará de uma parceria com um clube gaúcho. O Inter também cedeu vários atletas em um passado recente.

Cota televisiva

Depois de passar por uma fase complicada com a detentora dos direitos de transmissão do atual Brasileirão, o Sport volta a receber uma cota maior e considerável na elite do futebol brasileiro. Contudo, dos R$ 40 milhões, aproximadamente que tem direito, o Sport deve pagar uma grande quantia em virtude de adiantamentos realizados nas últimas gestões. Fala-se nos bastidores em algo em torno de R$ 20 milhões para pagamento em 2020 que serão descontados diretamente na fonte pagadora.