COMPARTILHAR

(Foto: Anderson Stevens/Sport)

 

O elenco rubro-negro se apresenta nesta manhã de terça-feira, às 9h, no centro de treinamento, após a folga do São João. Os atletas vêm em um ritmo forte de trabalho e a comissão técnica luta contra o tempo para condicionar aprimorar a parte física e, também, a técnica dos jogadores. O elenco passou por uma pausa dos trabalhos, recentemente, por causa da Copa das Confederações.

Outro ponto que é observado dentro da Ilha do Retiro é um menor tempo de trabalho em virtude da nova agenda de jogos da Série B e que foi divulgada há poucos dias publicamente: o Sport enfrenta o São Bento, no dia 8 de julho, fora de casa. Essa nova programação, inclusive, fez o clube considerar apenas dois amistosos contra o CSA (na Ilha e em Maceió). Um terceiro, que estava nos planos, foi descartado.

 

(Foto: Williams Aguiar/Sport)

 

Magrão 

O goleiro Magrão continua sumido. Não diferente com a situação, a torcida, nas redes sociais, só fala no assunto e a preocupação é grande sobre o paradeiro do atleta. Para piorar, a cada dia que passa, aumentam os rumores sobre o que teria acontecido com o jogador. Já foi ventilada uma possível doença, aborrecimento com a posição de reserva em seu possível último ano de trabalho com futebol e a tão falada aposentadoria.

Essa semana o presidente Milton Bivar falou que vai aguardar a volta do atleta e descartou, categoricamente, uma possível reclamação trabalhista nas justiça pela falta do goleiro ao trabalho. Outro ponto abordado é quanto ao lado financeiro entre o clube e o arqueiro: o Sport, na atual gestão, fez um acordo com Magrão sobre os pouco mais de R$ 700 mil que o clube devia na época do então presidente Arnaldo Barros.

 

Pratique Sport com a gente!