Início Autores Posts por Eu Pratico Sport

Eu Pratico Sport

Eu Pratico Sport
791 POSTS 38 COMENTÁRIOS

No Rio, Sport enfrenta outro carioca pelo Brasileirão

0
Anderson Batista*
Depois de uma boa vitória na quarta-feira, o Sport volta a campo pelo Campeonato Brasileiro hoje, às 19h, contra o Vasco da Gama, em São Januário. O time tenta a sua segunda vitória consecutiva na competição para engatar de vez uma boa sequência que proporcionará pontos preciosos neste início.
O técnico Vanderlei Luxemburgo não deve contar com Rogério, Reinaldo Lenis e Ronaldo, punidos pelo STJD pelas expulsões ocasionadas no jogo contra o Bahia, pela final da Copa do Nordeste. A resenha atual é que o Leão tenta o efeito suspensivo apenas de Rogério, já que Ronaldo e Lenis estão entregues ao Departamento Médico do clube e, automaticamente, fora de combatividade.
Em relação ao jogo, a mesma formação usada no jogo contra o Flamengo deve se manter, com a ressalva de Everton Felipe que pode começar no banco: Thomás, neste caso, assumirá a vaga.
Ficha Técnica
Provável Vasco da Gama: Martín Silva; Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Wellington (Nenê), Mateus Vital e Manga Escobar; Luís Fabiano. Técnico: Milton Mendes.
Provável Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Patrick; Anselmo, Rithely, Thallyson; Thomas, Osvaldo e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Arbitragem de Caio Max Augusto Vieira com auxilio de Flávio Gomes Barroca e Vinícius Melo de Lima. (Trio potiguar).
São Januário, 6ª Rodada do Brasileirão 2017 – 19h.
(Foto: Sport C.R.)

Luxemburgo poupa possível time titular no treino de hoje

0

Rubro-negros fazem último treino antes de enfrentar o Vasco

Everton Felipe deve sair do time titular no jogo contra o Vasco.

Alessandro Matias, Eu Pratico Sport- Recife/PE

 

Luxemburgo decidiu poupar onze jogadores na movimentação de hoje, que teve um treino de toques rápidos. Não por coincidência, foram os atletas que enfrentaram e venceram o Flamengo, na última quarta-feira, na Ilha do Retiro.

Tudo indica que o comandante rubro-negro deve escalar esses mesmos atletas poupados da movimentação para enfrentar o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.

Ainda na hipótese de especulação, o time que deve ir ao campo de jogo, contra o Vasco, poderá ser escalado assim: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Patrick; Anselmo, Thallyson e Rithely; Thomás, Osvaldo e André. A única mudança, como dito, deve ser mesmo a entrada de Thomás no lugar de Everton Felipe.

Fala-se, ainda, em especulação por causa da falta de certeza repassada pelo técnico do Leão. Segundo Luxa, tudo vai depender do estado físico de cada componente do elenco em virtude dos “eternos” problemas do Sport com desgastes musculares.

(Foto: Sport C.R.)

Em enquete, torcida do Sport acha que o time não tem mais a “Diego dependência”

0

Diretor médico explica casos de Diego Souza e Ronaldo Alves

 

Alessandro Matias, Eu Pratico Sport- Recife/PE

 

Até o jogo contra o Flamengo, o Sport vinha amargurando algumas apresentações pífias e sem qualidade em vários setores. O principal nome do time, Diego Souza, também não vinha correspondendo.

O problema é que Diego sempre foi um termômetro para o elenco: se DS87 jogar bem, será um grande sinal que o restante do time jogará.

Falando da partida contra o rubro-negro carioca, sem a presença do ídolo da torcida, o time não jogou o que toda a nação deseja. Contudo, o fator raça e vontade parece que voltou a vestir as 11 camisas no gramado.

Tendo em vista essa movimentação, contra o Flamengo, perguntamos se podemos cravar que o time deixou de lado a “Diego dependência”. O resultado foi massificante: a enquete obteve 848 votos. Destes, 64% votaram que o time não tem mais essa dependência.

Confira a enquete clicando aqui.

(Foto: Sport C.R.)

Confira o novo site Eu Pratico Sport

0

Alessandro Matias, Eu Pratico Sport- Recife/PE

 

Um torcida apaixonada merece o melhor. Foi pensando nisso que o site Eu Pratico Sport mudou e reforçou o seu site. Com um visual moderno e mais conteúdo, sobre o maior clube do Norte e Nordeste, o EPS vai decolar ainda mais.

Para reforçar o nosso time, convocamos o que existe de melhor quando a pauta é Sport pelos quatro cantos do Brasil: Henrique Santos, Alex Amaral, Zé Henrique, Alexandre Fonseca e Adethson Leite. Esses se juntam ao editor e blogger Alessandro Matias na seleção Eu Pratico Sport.

Pratique Sport com qualidade!

Opinião: “Ahh… Uma boa chinelada!”

2

Resultado de imagem para as primeiras havaianas

Alexandre Fonseca*

O estoque de desculpas esfarrapadas (leia-se: “mimimi”) da diretoria e dos jogadores do Sport Club do Recife chegaram ao fim… No resumo, falta de “tesão”, de vontade, garra, raça ou “sei lá mais o quê” é tão visível no elenco do Leão, que a impressão que se tem é que quem está dentro já morreu e que quem vem já chega moribundo e só nos prova que a disputa de várias competições e o desgaste do elenco nunca foram a principais causas da tamanha apatia do elenco do Sport.

E o que se pode fazer para esses caras jogarem com vontade?? Gana por título não é, já que o principal jogador do elenco ganhou o seu último título em 2011 e anda mais preocupado com o torneio de dominó lá do Centro de treinamento. Atrasar salários?? Pode até ser, mas seria um “tiro no pé” do próprio clube, já que a fama de caloteiro faria um estrago ainda pior.

Medo! Acho que só o medo faz alguém sair da inércia e lutar pela sua sobrevivência. Só o medo de perder algo importante resolve. Como os jogadores não têm medo de ficar anos sem títulos, não tem medo de pagar “micos” contra times inferiores e tampouco não tem medo de ficar sem grana, talvez uma boa chinelada resolva.

Não sou a favor da violência ou algo do tipo, mas na minha época, aquela sandália de tiras, azul e branca, que quando erguida fazia o ar sibilar e a garganta a dar um nó, (as pernas tremiam e o tempo parava) resolviam o problema. Está faltando aquela “surra” que só os pais sabem dar. Aquela surra moral, dolorosa, demorada… Aquela surra que purifica, que ecoa por anos na mente do sujeito.

Agora só falta encontrar o “pai” que vai fazer isso dentro do Sport. Espero que o novo técnico dê a “surra moral” que esse elenco precisa: uma chinelada para “estalar” a alma. Talvez ainda haja brios nesse elenco, e que sejam despertados após esse “corretivo”.

Perder? Só na bola. Nunca na falta de vontade!

Alexandre Fonseca*, 42 anos, é Administrador de Empresas e Sócio do Sport Club do Recife.

Opinião: “Vai ter lei, Luxemburgo!”

0

Foto: Fluminense F.C.Henrique Santos, Eu Pratico Sport-Brasília/DF

Muitos estão desconfiados. Um nome de grande impacto, ex-treinador de Seleção Brasileira e Real Madrid. Nome mais famoso no futebol nacional na década de 90. Apontado como principal peça do supertime Palmeiras/Parmalat, porém, vem de alguns insucessos.

Do ponto de vista psicológico é bem explicável: afinal, Luxemburgo que vem é desatualizado? Vem com vontade de vencer? Vai ressurgir na carreira junto com o Sport?

Daí uma dicotomia óbvia: dar certo/dar errado. Não possuo elementos concretos para afirmar que a contratação foi errada. Posso afirmar que foi ousada. Arriscada até. Mas algo positivo eu posso afirmar com toda certeza: os atletas vão olhar, finalmente, para um comandante. Como se agora a Ilha passasse a ter Lei, ordem e progresso.

Comissão Técnica

As informações sobre Antônio Mello e o preparador físico Diogo Linhares são as melhores possíveis. Informações do RJ é de que são profissionais de altíssimo nível.

Expectativas

A minha maior curiosidade serão os volantes. Luxemburgo sempre fez com que seus volantes jogassem no limite, extraindo o máximo de suas capacidades. Desde César Sampaio até Willians. O que ele fará com Rithely, essa é minha maior curiosidade.

No mais, aguardemos. Se vier logo na estreia uma classificação contra o Botafogo, já são bons ventos soprando a favor.

(Foto: UOL)

Opinião: “13 razões pelas quais”

0

ESCUDO SPORTHenrique Santos, Eu Pratico Sport-Brasília/DF

O roteiro é de tragédia. Um filme de terror, com toques de suspense, mas o final…não tinha como ser mais clichê.

Há quem ache o roteiro cômico, com a falta de qualidade e desorganização do time. Pois é, amigos, não estou falando de filme ou seriado de TV. É do Sport mesmo.

O Leão da Ilha, que outrora era a estrela principal, hoje tá parecendo mais um coadjuvante. Não vou me alongar muito sobre demissão de treinador, pois esse assunto já tá mais que batido. Prefiro apontar, diretamente, 13 razões pelo fracasso até o momento nesta atual temporada. Por sinal, mais uma temporada pífia.

1 – Efetivação de Daniel Paulista como treinador.

2 – Não cumprimento do prometido em campanha em utilizar time reserva no Campeonato Estadual.

3 – Muitas contratações do tipo apostas.

4 – Investimento altíssimo no setor de ataque e desleixo nos demais setores.

5 – Inércia quanto à rápida mudança de rumo necessária, no tocante à troca de treinador.

6 – Contratação de Ney Franco, fora do mercado há muito tempo.

7 – Falta de cobrança mais incisiva quanto aos resultados.

8 – Não definição da equipe titular e ausência de padrão de jogo.

9 – Retirada do foco dos jogadores com reclamações em público contra arbitragem, isentando os atletas de culpa.

10 – Falta de agressividade no mercado para contratar bons reforços após o fim dos estaduais.

11 – Novas contratações para a Série A do tipo aposta.

12- Ausência de um gestor de futebol que consiga resolver os conflitos internos do elenco.

13 – Inércia quanto à demissão de Ney Franco. Foi necessária a perda de um título.

Amigos, espero ao fim do ano não escrever “100 razões pelas quais”.

 

Opinião: “Ganhar sem vencer”

0

Henrique Santos – Eu Pratico Sport/Brasília-DF.

Olá, nação leonina!

Nos próximos o Sport pode obter sua classificação em 2 campeonatos diferentes: Copa do Brasil e Campeonato Pernambucano. E nem precisa vencer esses jogos para isso.

A vantagem é mínima. Concordo. Poderia ter sido bem melhor. Porém, chegou a hora de mostrar quem tem garrafa cheia pra vender. Temos uma dificuldade histórica em vencer times retrancados. Joinville e Náutico não poderão jogar assim.

Acredito que o Leão conseguirá as classificações, se tudo ocorrer conforme o normal. Contra o Joinville, podemos até perder por 3×2. Contra o Náutico, um empate nos basta. Essas classificações valem, por baixo, R$ 1 milhão.

Pra encerrar, o assunto é André.

André vem deixando a desejar no que mais se espera de um centroavante: gol. E não pode reclamar de chances para finalizar. Juninho vem recebendo bolas semelhantes, mas vem guardando, e em menos tempo em campo. O garoto Juninho merece uma chance, ou duas, no time titular. Personalidade e faro de gol. Sabe aquela fase em que a bola bate nele e entra?? Enquanto estiver nessa fase, Juninho em campo!

 

Henrique Santos é blogger no site Eu Pratico Sport.

Opinião: “Abril pro Sport”

0

Henrique Santos

Olá, nação leonina!

Vou pedindo um minuto da sua atenção pra falar do que mais gosto – Sport Club do Recife! E já começa quente: foi aberta a temporada de grandes decisões que se avizinham nesse mês de abril. Primeiro foi o valente Campinense. Sempre gigante na Copa do Nordeste, a raposa sucumbiu ao novo poderio ofensivo do Leão.

Depois veio o uruguaio Danubio, time tradicional mas que anda mal das pernas. Porém, não é desculpa, já nos enrolamos com times inferiores. E o arsenal da frente do Sport novamente prevaleceu. Em seguida, foi a vez do Joinville, que diga-se de passagem jogou muito mais do que se comentou na prévia da partida. Mesmo jogando mal, o rubro-negro fez mais golaços, teve mais voleio, e acabou levando vantagem de 2×1 para a partida da volta.

Lado bom: a vitória e os golaços de Rithely e Juninho. Lado ruim: o gol sofrido na Ilha. Mas creio na classificação.

Agora vem o 4º capítulo da odisseia abril de decisões. E é um velho freg…conhecido! Apesar do ótimo momento do time da Rosa e Silva/São Lourenço da Mata, acredito no potencial ofensivo, nas bicicletas e nos voleios do Sport. Então, a nação está convocada para a #IlhaDosGolaços no próximo domingo e garantir mais uma vitória decisiva.

Henrique Santos mora em Brasilia/DF. e é rubro-negro.

Opinião: “Estratégia ou Covardia?”

2

Resultado de imagem para ÔNIBUS DO SANTA CRUZ

Alexandre Fonseca

Conhecemos na noite de ontem o cruzamento das semifinais do campeonato Pernambucano de 2017. Assim como nos anos de 2011, 12, 13, 15 e 16, o tricolor do Arruda montou uma verdadeira “estratégia” para evitar o Leão nas semifinais daqueles campeonatos. Aquelas decisões deram muito certo para eles, já que – não importa como – ficaram com esses cinco títulos na rua das Moças. No único ano em que a “estratégia deu errado”, em 2014, os tricolores foram eliminados pelo Sport, que acabou se sagrando campeão daquele ano.

Resumo da “Ópera”: O time tricolor não se importa em viajar 1.032 km até Salgueiro (distância ida e volta), contanto que não jogue contra o Sport antes de uma possível final. Covardia, temor ou estratégia? Na verdade, o tricolor sabe jogar esse “joguinho” muito bem. Portanto, todo cuidado é pouco na Ilha do Retiro e espero que a lição desse passado recente tenha sido realmente aprendida!

 Não podemos esquecer da semifinal contra o Timbu, antes de mais nada.

 Alexandre Fonseca, 42 anos, é Administrador de Empresas e sócio do Sport Club do Recife.

Últimas