[Campanha ruim] Sport tem apenas uma eliminação precoce na Copa do Nordeste

 

Sport tem que vencer o Confiança e torcer pelo tropeço do ABC diante do eliminado CSA. (Foto: Sport).

Mateus Schuler

 

Segundo maior campeão da Copa do Nordeste ao lado do Bahia, com três títulos, e atrás apenas do Vitória, que foi vencedor em quatro oportunidades, o Sport pode amargar a segunda eliminação precoce na competição. De 16 edições disputadas até o momento, 12 envolveram fase de grupos, com o Leão sendo eliminado em apenas uma, em 1998.

Na ocasião, os rubro-negros caíram no Grupo D, ficando junto a ABC e Fortaleza, que também estão na mesma chave atual, bem como o Treze. Os paraibanos foram o saco de pancadas, encerrando em último sem sequer pontuar; com isso, a disputa ficou no confronto direto entre os demais participantes, sendo definida apenas na última rodada, como ocorrerá agora em 2020.

Na estreia, vitória por 5 a 2 sobre o Galo da Borborema, sendo seguida de goleada por 4 a 1 sobre os potiguares, o que parecia ajudar rumo à classificação. O empate sem gols na Ilha contra o Tricolor do Pici, além da derrota na capital cearense por 2 a 1, fizeram a equipe encerrar no 3º lugar, somando 10 pontos, um a menos que o outro Leão justo por conta do resultado negativo.

Para o momento, entretanto, os pernambucanos não dependem apenas das próprias forças para garantirem vaga nas quartas de final. Além de precisarem vencer o Confiança, em data a ser definida após paralisação do Nordestão por tempo indeterminado, torcem para justamente os abecedistas – que estiveram no caminho do único vexame até então – não vencerem o já desclassificado CSA.