COMPARTILHAR

Mateus Gonçalves salva o Sport na Ilha. (Foto: Williams Aguiar)

 

Após sair atrás no marcador, o Sport encontrou forças para virar pra cima do Internacional e somar três pontos importantes para a sequência da Série A.

 

Milton Mendes conseguiu corrigir os problemas defensivos da sua partida de estreia e o Sport fez um bom jogo, diante do Internacional, um dos candidatos ao título do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo morno, os dois times voltaram dispostos a vencer na etapa final. O Inter abriu o marcador, mas o Sport não desanimou e buscou a virada. A vitória ainda não foi suficiente para tirar o Sport do Z4, mas deu um bom ânimo para a próxima partida contra o Atlético-PR, em Curitiba.

PRIMEIRO TEMPO

O Sport começou a partida propondo a maioria das ações ofensivas. Entretanto, os erros de passe e a insistência em lançamentos longos prejudicaram o desempenho do time rubro-negro. Por isso, o primeiro chute a gol do Leão só saiu aos 10 minutos. Após erro de passe de Patrick, Michel Bastos tentou surpreender o goleiro colorado, mas chutou para fora.

Aos 15, após erro de passe de Camilo, o Sport encaixou um contra-ataque veloz e perigoso. Mas o último passe de Michel Bastos, que colocaria Mateus Gonçalves na cara do gol, demorou um pouco e o pegou em posição de impedimento. Apesar das limitações técnicas, o Sport continuou dominando a partida. Aos 21, Michel Bastos fez bom lançamento pra Gabriel, que se desvencilhou da marcação e cruzou na área. Marlone chegou um pouco atrasado e a zaga do Inter afastou.

O Sport continuou com mais posse de bola e tentando criar chances de gol. Mas a defensiva do Internacional se manteve bem postada e conseguiu conter as tentativas do ataque do Leão. Assim, o primeiro tempo seguiu sem chances reais de gol para nenhum dos dois lados.

SEGUNDO TEMPO

O Internacional começou mais ligado no segundo tempo. Já no primeiro minuto, Rodrigo Dourado conseguiu roubar uma bola no meio-campo e serviu Patrick na entrada da área rubro-negra. Magrão defendeu a finalização e salvou o Sport. Nesses primeiros minutos, o Inter esboçou uma pressão, mas logo o Leão retomou o controle da partida. Porém, os erros no último passe continuaram comprometendo as investidas do Sport.

O treinador colorado percebeu essa dificuldade do time da casa e colocou em campo o veterano D’Alessandro, com o intuito de dar qualidade no toque de bola e na criatividade. Aos 13, o argentino puxou contra-ataque e quase abriu o marcador. Para sorte da torcida local, a finalização saiu um pouco alta demais. A resposta do Sport veio com Michel Bastos, que carregou a bola desde a intermediária e finalizou para a defesa de Marcelo Lomba.

Aos 21, a ousadia de Odair Hellmann foi recompensada. Após dois erros de passe seguidos de Raul Prata, D’Alessandro recebeu de frente pra área e deu uma assistência primorosa para Nico López. O atacante só precisou finalizar pra abrir o marcador.

Com a desvantagem, o Sport tentou ser mais ofensivo e acionou Rafael Marques. Aos 32, Mateus quase empatou a partida sem querer. O cruzamento fez uma curva na direção do gol, mas Lomba conseguiu desviar pra escanteio. Na cobrança, o jovem zagueiro revelado pela base rubro-negra Adryelson subiu mais alto que todo mundo e cabeceou pro fundo gol e deixou tudo igual no placar.

O gol de empate empolgou o Sport e até o volante Marcão arriscou subir e finalizar em gol. A bola desviou na marcação e saiu pela linha de fundo. A pressão rubro-negra continuou e o Inter respondia timidamente com finalizações de longe, mas sem perigo. A virada do Leão veio após boa roubada de bola e excelente passe de Michel Bastos para Mateus Gonçalves. O jovem atacante finalizou com precisão e virou a partida.

O Internacional ainda buscou o empate a todo custo, com muitas bolas cruzadas na área do Sport. Mas a dupla Ronaldo Alves e Adryelson estavam bem afinados e conseguiram segurar a pressão. A última chance colorada veio com uma falta frontal no limite da grande área. A cobrança de Fabiano explodiu na zaga do Leão. No contra-ataque, Michel Bastos ainda teve a chance de ampliar, mas finalizou mal.

FIM DE PARTIDA

Pro torcedor do Leão, pouco importou a atuação morna no primeiro tempo. Somar três pontos contra um time qualificado como o do Internacional dá um pouco de alívio e ânimo pros próximos jogos. Apesar da vitória, o Sport continua na zona de rebaixamento e precisa usar esse bom resultado como motivador para emplacar uma boa sequência no campeonato.

FICHA DO JOGO

SPORT: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Sander; Marcão (Fellipe Bastos), Jair e Marlone (Rafael Marques); Gabriel (Matheus Peixoto), Mateus Gonçalves e Michel Bastos. Técnico: Milton Mendes.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Fabiano, Klaus, Emerson Santos e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick e Camilo (Charles); Nico López, Rossi (D’Alessandro) e Pottker (Jonatan Álvez). Técnico: Odair Hellmann.

GOLS: Nico López (Internacional – 21’ 2T), Adryelson (Sport – 33’ 2T), Mateus Gonçalves (Sport – 42’ 2T)

PÚBLICO: 9.979 torcedores.

Pratique Sport com a gente!