COMPARTILHAR

Arte_Felipe_Garcia_números.png

 

Goleiro chega ao Sport para compor grupo: Mailson, Lucas e Luan são as outras opções

 

Felipe Barros Rio de Janeiro/RJ

 

Após reforçar quase todas as posições para a reta final da Série B, o Sport se mobilizou para trazer mais uma opção para o gol rubro-negro: após passagens por diversos clubes grandes futebol brasileiro, Felipe Garcia chega na Ilha do Retiro para finalmente se estabilizar na carreira. Sem grande destaque por CSA, Náutico e Fluminense, o que podemos esperar do goleiro de 31 anos com a camisa rubro-negra?

Titular absoluto do Tombense ao longo de 2019, Felipe Garcia não foi um goleiro muito vazado ao longo do ano. Porém, se olharmos para a campanha na Série C, vemos que o time mineiro foi muito mal, perdendo a maioria de suas partidas. Afinal de contas, o goleiro teve uma parcela de culpa nesse fracasso da equipe de Tombos? Para não restar dúvidas, separamos em vídeos todas as finalizações difíceis que foram contra a meta do arqueiro em toda a terceira divisão. Confira o resultado:

(Imagens: SporTV)

Vendo o vídeo anterior, podemos notar que o goleiro passou longe de ser um dos responsáveis pelo fracasso de sua equipe na Série C. Com apenas uma falha notável, o goleiro sofreu com a fragilidade da defesa da equipe mineira, que o obrigou a trabalhar bastante em todas as partidas. Com defesas à queima roupa e um bom posicionamento nos arremates de fora da área, Felipe Garcia foi um dos destaques do Tombense em 2019.

(Foto: divulgação/Santos F.C.)

Apesar do desempenho ruim em suas últimas passagens por times grandes, Felipe Garcia veio a custo baixo e teve um desempenho aceitável em 2019. Precisando de sequência para reerguer a carreira, o arqueiro pode ser útil ao elenco do Sport na briga pelo retorno à elite do futebol brasileiro.

Pratique Sport com a gente!