[Geral] DS87, Rithely, CT, Câmara de Resoluções e Clássico dos Clássicos

 

Já tem torcedor sonhando com um Sport com Diego Souza e Rithely em virtude das últimas 24 horas dos noticiários do Sport. Importante lembrar que da mesma forma que eles não estava nos planos (“e voltaram”), podem, também, não acontecer. Difícil? Sim! Nada impossível, nada improvável…

Da mesma forma muito complicada, ambas as repatriações, em virtude do montante financeiro envolvido. Constata-se Rithely, que tem um alto salário (tem que querer redução dos vencimentos) e ainda o clube deve perto dos R$ 7,5 milhões aos seus representantes. Já no caso de DS87, além do alto salário, que só viabiliza a volta se o atleta topar reduzir drasticamente o valor, tem a causa trabalhista perto de R$ 1 milhão cobrado pelo jogador. Bons reforços no aspecto técnico: mesmo que um esteja em fase ruim, recentemente, e que o outro não venha atuando faz tempo.

Centro de treinamento

O que podemos verificar no mercado do futebol neste final de ano é como deve ser visto o centro de treinamento do clube. Ferramenta cara, sonho de consumo de vários clubes do Brasil, o CT do Sport tem que passar a ter a proposta para o que ele nasceu: um catálogo de jogadores à disposição do clube e com qualidade a ser usada no profissional. O mais difícil já tem, que é o espaço físico e as ferramentas que permeiam o local. Precisa.

Justiça – Câmara Nacional de Resoluções

Ao que parece, a Câmera Nacional de Resoluções “chegou para ficar”. Isso, claro, se tratando do caminho mais rápido para os jogadores recuperarem os seus valores não pagos pelos clubes. Além da rapidez, o atleta ainda “ganha” a força da proibição do clube em gerenciar seus novos contratos e elencos.

Clássico dos Clássicos

A grande pergunta fica no ar: qual o time que o Sport vai ao campo, fora de casa, contra o Náutico? Ninguém tem o poder de adivinhar o futuro, mas dá para perceber que fisicamente e tecnicamente ambos estarão prejudicados no dia. O rival terá mais tempo de trabalho. Em compensação, o rubro-negro tem mais qualidade de elenco à disposição. Na guerra do que pode ser o Leão, aposta alta na garotada mesclada com quem se destacar na apresentação no início do ano.

(Fotos: Sport)