COMPARTILHAR

(Foto: Sport Recife)

 

Por causa das oscilações do Sport, além de torcer pelo Leão, o torcedor rubro-negro começa a “esquentar o secador” para ver o clube garantido na Série A em 2020

 

Lucas Araújo – Recife/PE

 

A 27ª rodada da Série B já se aproxima e a essa altura do campeonato já se tem uma ideia de qual será a briga de cada clube dentro da competição. Na parte de cima da tabela, uma disputa acirradíssima pelo G4 é travada por vários clubes, tanto que a distância do 4º colocado (Botafogo-SP) para o 11º colocado Cuiabá) é de apenas 4 pontos.

Ocupando o 3º lugar, e seis pontos a frente do 5º colocado, o Sport caminha para uma consolidação na zona de acesso. Na próxima rodada, o Leão terá pela frente um confronto direto diante do CRB, um dos times que protagonizam esse grupo embolado na corrida pelo G4. Caso consiga os 3 pontos no Rei Pelé, a equipe de Guto Ferreira atinge a marca dos 48 pontos e pode, na melhor das hipóteses, encerrar a rodada com 9 pontos de vantagem para o quinto.

Os jogos entre São Bento x Vila Nova, Criciuma x Brasil de Pelotas e Vitória x Oeste em nada interessam aos pernambucanos na tabela. Porém, todos as demais partidas exigem que a torcida leonina fique de olho e atenta com o secador, para que o Rubro-negro possa dar mais um passo na busca pela afirmação no grupo de classificação.

Botafogo x Figueirense

Às 19:15 da terça-feira (08), o lado vermelho e preto de Recife terá que torcer pelo lanterna Figueirense, que vindo de três derrotas seguidas, terá um grande desafio ao encarar o quarto colocado Botafogo em Ribeirão Preto. Se por um lado parece um resultado difícil de vingar, caso ocorra, estará tirando pontos que estão ‘‘na conta dos paulistas’’, que na sequência sairão para dois jogos fora de casa, enquanto o Sport joga em casa duas seguidas, podendo distanciar de vez do Pantera. Obviamente a vitória do Figueira é o ideal, mas um empate também seria ótimo para as pretensões do Leão.

Coritiba x Guarani

Com apenas uma vitória nos últimos oito jogos, o Coxa, que ocupava o G4 com certa tranquilidade, sofreu uma grande decaída na competição e agora ocupa o 9º lugar com 37 pontos. No entanto, apesar de ter se distanciado, ainda há campeonato pela frente e os paranaenses tem um jogo a menos, logo o secador precisa se manter ligado. Ás 19:15 da terça (08), os alviverdes entram em campo dentro de casa frente o Guarani e, apesar da classificação ainda condicionar o favoritismo aos mandantes, há um bom motivo para crer que o Bugre pode atrapalhar a vida dos Coxa-branca e ajudar o Sport: a equipe de Campinas vive grande ascensão, com cinco jogos de invencibilidade e figurando no 13º lugar depois de estar afundado na lanterna.

Operário x Paraná

Também no horário das 19:15 da terça, um duelo interessantíssimo aos rubro-negros entre dois dos clubes que brigam pelo acesso. O Operário, em 9º lugar com 37 pontos, frente ao Paraná, 7º colocado com 38 pontos. Indiscutivelmente o ideal seria um empate, visto que seguraria os dois. Por outro lado, caso haja um vencedor, é melhor que sejam os donos da casa.

Ótimo mandante e péssimo visitante, o Fantasma tropeça na irregularidade e graças a ela não consegue entrar no G4. Vem de um tropeço contra o Brasil de Pelotas, dentro de casa, onde é forte, e depois de jogar com o Paraná sairá para dois compromissos fora, tendo uma projeção menos otimista a longo prazo. Os tricolores, por outro lado, voltaram a vencer num clássico diante do Coritiba e um novo triunfo em Ponta Grossa poderia servir para que o time comandado por Matheus Costa viesse a embalar e aparecer novamente como ameaça aos leoninos.

Atlético Goianiense x Cuiabá

Empatado na pontuação com os goianos, o Sport seria beneficiado por poder tomar a segunda colocação em caso de vitória do Cuiabá ou empate. Se acontecer o contrário, e o Atlético sair vencedor, também não é de todo mal, uma vez que mesmo longe de qualquer favoritismo, o Cuiabá ainda figura na briga pelo G4 estando a 4 pontos de distância e com um jogo a menos dentro de casa. Na pior das hipóteses, caso o vice-líder não tropece, um candidato vai se manter distante.

Ponte Preta x Londrina

Tido como um dos concorrentes mais fortes no início do campeonato, a Ponte Preta acumulou tropeços e hoje se encontra apenas na 10ª posição, e com dez pontos a menos do Sport.

Porém, com apenas 4 pontos da zona de acesso, a Macaca segue viva e é importante para o Leão que o Londrina consiga ao menos pontuar no duelo que se inicia às 21:30 no Moisés Lucarelli. Vale lembrar que na 37ª rodada o Sport se despede da Ilha do Retiro, em 2019, diante da Ponte, e caso ainda esteja em jogo o título ou acesso, seria teoricamente mais fácil caso os paulistas já chegassem em Recife fora de combate.

América MG x Bragantino

Também às 21:30, América e Bragantino se encontram no Independência em outro confronto de total interesse dos pernambucanos. De um lado, os mais otimistas sonham com o título da competição e podem torcer pelo Coelho para que o Bragantino não dispare ainda mais. No entanto, regularidade é pré-requisito para ser campeão de uma competição de pontos corridos, e o Rubro-negro tem sofrido com isso, sem sequer ter engatado três vitórias seguidas nos 26 jogos que fez. Dito isso, com os pés no chão e considerando o crescimento do América, que já foi lanterna e hoje é sexto colocado, é mais racional (pelo menos por enquanto) deixar de lado a ideia de liderança e torcer que o Bragantino busque ao menos o empate fora de casa. Dessa forma, seguraria um dos concorrentes mais fortes do Leão. Para endossar a importância de um tropeço dos donos da casa, é válido frisar que em seguida o América terá pela frente o lanterna Figueirense fora de casa e o Vila nova – que briga contra o rebaixamento – em Minas, onde terá boas chances de embalar.

Pratique Sport com a gente!