COMPARTILHAR

 

Por Mateus Schuler*

Avassalador na Ilha do Retiro e temido pelos adversários, o Sport mostrou valentia para ser campeão da Copa do Brasil exatamente dez anos atrás. Tudo começou com um amargo empate em 2 a 2, contra o Imperatriz-MA, no dia 27 de fevereiro. Na volta, vitória por 4 a 1 e classificação garantida. Em seguida, bateu o Brasiliense duas vezes e chegou às oitavas.

Frente ao Palmeiras, recheado de craques do cenário nacional à época, arrancou importante empate sem gols em São Paulo, além de ter a inferioridade numérica pela expulsão de Bia. A volta, porém, teve atuação inspirada do meia Romerito – três gols – e novo 4 a 1 para seguir na disputa.

Nas quartas, o adversário foi o Internacional e os rubro-negros não desistiram de procurar a vaga. Depois de perderem a invencibilidade, venceram na “Bombonilha” com direito a um golaço de Durval, de falta. Com isso, faltariam quatro partidas para o título.

 

Diante do Vasco, o Leão saiu para a volta com mais tranquilidade após triunfar por 2 a 0. No Rio de Janeiro, os vascaínos reverteram o que haviam sofrido nos minutos finais do duelo e a definição foi nos pênaltis. Edmundo deu início à série desperdiçando sua cobrança, o que foi suficiente aos leoninos para se motivarem e irem à decisão.

Dono da maior torcida do país, o Corinthians foi o último adversário. Em 4 de junho, o gol heroico de Enílton aos 47 do 2° tempo evitava a derrota por 3 a 0, que seria mais difícil para o jogo em Recife.

Nome marcante na final e durante o torneio, o atacante Carlinhos Bala disse ter conversado com Deus, que assegurou a permanência da taça em Pernambuco. Marcando o necessário antes mesmo do intervalo, com tentos de Bala e Luciano Henrique, se segurou no segundo tempo e fez o Brasil voltar a se curvar mais uma vez.

 

A campanha

Primeira Fase

Imperatriz-MA 2×2 Sport

Sport 4×1 Imperatriz-MA

Segunda Fase

Brasiliense 1×2 Sport

Sport 4×1 Brasiliense

Oitavas

Palmeiras 0x0 Sport

Sport 4×1 Palmeiras

Quartas

Internacional 1×0 Sport

Sport 3×1 Internacional

Semifinal

Sport 2×0 Vasco

Vasco (4) 2×0 (5) Sport

Final

Corinthians 3×1 Sport

Sport 2×0 Corinthians

Mateus Schuler colaborou com o site Eu Pratico Sport.

Pratique Sport com a gente!