Mailson atua bem, novamente, e vai se firmando como destaque do Leão em 2019

(Foto: Anderson Stevens/Sport)

 

Arqueiro leonino foi titular em todas as partidas pela segundona e é o goleiro com mais defesas difíceis na competição

 

Por Lucas Araújo

Na manhã de ontem, sábado (31), o Sport frustrou seu torcedor ao empatar em 0x0 com o Oeste, equipe que não vence há oito rodadas e figura na zona de rebaixamento já há algum tempo. Assim como em tantas outras oportunidades dentro da Série B, o Leão teve em suas mão a chance de vencer, mas deixou escapar. No entanto, debaixo das traves o destaque foi positivo.

O goleiro Mailson foi considerado o melhor em campo por grande parte dos que acompanharam o jogo válido pela 20ª rodada da segundona. Se por um lado o setor ofensivo desperdiçou as chances que dariam os três pontos, por outro, o jovem da base ajudou a garantir ao menos o empate e mais um ponto na bagagem, com três boas defesas, sendo duas dificílimas em sequência num mesmo lance.

Mas o principal para o arqueiro não é apenas pela atuação em Barueri. Mailson é o goleiro com mais defesas difíceis em toda a competição: tendo feito 23 em 20 jogos disputados com média superior a uma defesa difícil por partida. O camisa 32 do Rubro-negro pernambucano é também o único atleta presente em todas as rodadas da campanha na Série B, e ao lado de Guilherme, representante leonino na seleção simbólica do primeiro turno feita pelo site do footstats, embasado nas estatísticas dos atletas.

No elenco principal desde 2017, mas tendo recebido a primeira sequência no profissional somente no Brasileiro de 2018, o prata da casa caiu nas graças da maior parte da torcida por ter entrado numa fogueira que foi a campanha do rebaixamento. Também se destacou, positivamente, em diversas ocasiões, como na ocasão contra Paraná, Chapecoense e São Paulo. Em 2019, Magrão se recuperou de lesão e voltou à titularidade, mas fez más atuações em jogos importantes e Mailson retomou ao posto de titular, sendo fundamental na conquista do título estadual, defendendo dois pênaltis na grande final.

Outras apresentações de Mailson também chamaram atenção, tanto quanto ou até mais do que diante do Oeste. Na quarta rodada, frente ao América, ele salvou a equipe em várias oportunidades no primeiro tempo. Contra o CRB, no último duelo antes da Copa América, o Leão tomava um sufoco nos minutos finais e no último lance ele defendeu um forte chute de dentro da área que garantiu a vitória por 1×0.

Após o retorno da competição nacional, uma defesa com a ponta dos dedos na reta final do embate contra o Paraná foi fundamental para assegurar os três pontos em Curitiba. Duas rodadas depois, defendeu um pênalti no amargo 1×1 contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, quando o jogo ainda estava 0x0, evitando que a história do jogo tivesse mudado para pior. Na sequência, mesmo com a derrota do Sport para o Criciúma, o goleiro se destacou individualmente realizando intervenções importantes, assim como tornou a fazer contra o Atlético Goianiense, evitando dois gols quando o Dragão vencia por 1×0, que provavelmente teriam matado o jogo, deixando o time de Guto Ferreira vivo para buscar o empate.