O que esperar do retorno do Sport?

Após um início desanimador em 2020, o Leão tem encaminhado algumas mudanças em seu plantel. O que esperar para o restante da temporada?

 

O Brocador alegou problemas de saúde e se apresentou depois do grupo. Foto: Anderson Stevens/Sport.

 

Lucas Araújo

 

É fato que o desempenho e os resultados do Sport no início da temporada não foram nada animadores. Com a eliminação na primeira fase da Copa do Brasil, os sérios riscos de eliminação nas primeiras fases da Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano e os problemas financeiros, os leoninos tiveram motivos de sobra para se preocupar com o futuro do clube em 2020. No entanto, durante a parada no futebol brasileiro devido à pandemia a covid-19, algumas mudanças se desenharam no elenco rubro-negro e podem servir para trazer uma certa esperança ao torcedor, muito embora ainda esteja longe do ideal para o principal desafio da temporada: a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro.

A chegada do lateral direito Patric, que teve aprovação da torcida sobretudo devido à sua boa passagem em 2013 e 2014, em tese dá um upgrade no setor. Além de agregar experiência ao grupo e já ter identificação com a ‘‘nova’’ casa, suas características de ofensividade e força física podem trazer mais efetividade à posição, que vinha sendo bastante criticada nos últimos anos quando ocupada por atletas que não conseguiram convencer, como Raul Prata, Norberto, Cláudio Winck e Samuel Xavier.

Ainda no setor defensivo, outro reforço foi o zagueiro Iago Maidana, que chega com status de titular para uma posição que vinha sendo um ponto fraco do time. Com a saída de Cleberson, que em momento algum conseguiu se firmar, Chico tem mais chances de ganhar espaço e corre por fora na briga para compor a dupla de zaga, disputando com os favoritos Adryelson e Rafael Thyere, que por sua vez vinham deixando a desejar no início de 2020.

Sem poder inscrever jogadores, Sport tem Patric treinando no centro de treinamento. Foto: Anderson Stevens/Sport.

 

Após ser contratado para a segunda passagem e ter gerado expectativa em boa parte dos torcedores, o volante Rithelly recebeu proposta e não deve continuar no Sport. O atleta, no entanto, não fez grandes partidas quanto atuou e vinha sendo escalado muito mais por ter a confiança de Daniel Paulista devido ao trabalho que realizaram juntos anos antes. A titularidade então tende a ser retomada por João Igor, que não vinha apresentando um futebol abaixo do de Rithelly na temporada, tendo participações mais objetivas e consistentes.

Com a saída de Guilherme e as atuações não convincentes de Ewandro, Yan e Marquinhos, o ataque demonstrou bastante carência técnica no início deste ano. Ainda em março o Rubro-negro anunciou a contratação de Philip junto ao Afogados, no entanto, sem passagens de destaque por grandes clubes, não é um nome que empolga visando a disputa em bom nível do Campeonato Brasileiro, assim como o centroavante Ronaldo, contratado como aposta, mas que vinha tendo um bom desempenho pelo Santo André no Campeonato Paulista.

Além dos atacantes, o setor de criação da equipe também foi um ponto fraco. Apesar da primeira boa impressão com um golaço no Vitória pela Copa do Nordeste, Lucas Mugni não tem dado conta do recado. A esperança para a posição passa pelos pés do argentino Jonathan Gomez, destaque do CSA no Brasileirão de 2019, que chegou a ter sua saída para o futebol argentino especulada, mas por enquanto segue no clube pernambucano e em caso de continuidade pode oferecer uma melhoria para o time. O Leão conta ainda com o meia Bruninho, emprestado pelo Atlético-MG e chegando com o status de aposta.

Por fim, a saída do volante Marcão só tende a aliviar a folha e abrir espaço para atletas da base mostrarem seu valor, uma vez que o jogador fez fracas apresentações em 2019 e não vinha sendo aproveitado em 2020. Crias da base e sem espaço no atual plantel, o lateral direito Ewerthon, o volante Matheusinho, o meia Pardal e o atacante Pedro Maranhão devem ser emprestados para adquirir experiência e retornarem agregando mais valor ao Sport num futuro próximo.