COMPARTILHAR
Foto: Willams Aguiar/Sport Recife 

 

Jovem, se posiciona bem, bons chutes e presença de área. São fortes motivos para o Sport voltar à disputa do Campeonato Brasileiro com o atacante Carlos Henrique na condição de titular. Impossibilitado pela sua parte física, na chegada ao clube, o jogador quer e pode com naturalidade ser um dos destaques do Leão para a sequência da disputa nacional.

Um diferencial na carreira deste atleta é sua preocupação com a forma. O atacante veio do Londrina com seu preparador físico particular. Não que ele deixe de confiar nos profissionais da Ilha, é porque quer uma atenção a mais para a manutenção da forma durante a sua passagem pela Ilha.

Números

Sobre números, o repertório é vasto. A saída de Jonatas Belusso em 2017 do Londrina, em direção ao futebol saudita, foi a oportunidade do atleta vindo do PSTC creditado como aposta, marcar gols e destacar-se. Em 44 partidas com a camisa do Tubarão, foram 17 gols anotados. Um média de praticamente um gol a cada dois jogos. É a hora do Sport fazer valer a dificuldade que teve para o fechamento do negócio com o atleta e seu ex-clube e de também ter mais uma grande ferramenta para jogos que precisam de um artilheiro.

Hoje, o futebol brasileiro não dispõe de muitas opções para a função. Observando os cincos mais bem posicionados entre os artilheiros do campeonato, apenas três são atacantes de área. Desses, inclusive, apenas Pedro (Fluminense) possui todas as características mencionadas acima. Isso, sem sobra de dúvida, indica que o Sport detém um jogador apto para os confrontos e apto para assinar a história no clube de goleador.

Imaginem ele sendo municiado por Michel Bastos com a qualidade do passe e com as orientações e experiência do ex-seleção brasileira?

Só tem um caminho: o caminho dos gols!

Pratique Sport com a gente!