COMPARTILHAR

(Foto: Williams Aguiar/Sport)

 

A venda de Everton Felipe para o São Paulo (tomara que ele arrebente lá) mostra um descaso de quem administra o clube com o patrimônio do mesmo. A começar com uma declaração de Beltrão, basicamente botando o atleta para fora, pois não se diz publicamente que um jogador deve “respirar novos ares” caso haja interesse na permanência e na valorização do seu bem.

Ao fazer esta irresponsável afirmação, o dirigente conseguiu perder um atleta de qualidade (sem ter outro nem parecido no elenco) e ainda desvalorizar o seu valor, pois o tom foi claramente o da vontade de se desfazer dele e aí aproveita quem souber trabalhar melhor com liquidação.

No atual mundo do futebol, onde muito jogador meia boca é vendido, por uma dezena de milhões, não era improvável pensar que Everton, de apenas 21 anos, pudesse render, no mínimo, o dobro desses 6 milhões a serem pagos pelo clube paulista. Mas a ânsia de destruir o clube parece ir de vento em popa e é difícil pensar o contrário.

(Foto: Williams Aguiar/Sport)

Isso não bastou, o clube já tinha, pouco tempo antes, mesmo com uma crise técnica no elenco, trazido Michel Bastos, uma grife cara, sem retorno, que pode causar danos ao elenco e não tinha nenhum requisito mínimo para se ter um investimento. A desculpa de que o Sport recupera jogadores em baixa não se aplica a quem parece não querer como foi o caso de Wesley e atualmente, Bastos.

Uma contratação impensada que apenas onera o Leão. Financeiramente é como um cano onde o dinheiro se perde e com o elenco, a qualidade técnica que o jogador mostrou uma década atrás e ficou lá não veio ao Brasil em suas passagens por São Paulo e Palmeiras (parece demais o Wesley, não acham?).

Para voltar ao rumo do crescimento, o Sport precisa de pessoas mais preocupadas com o seu patrimônio e que saibam alocá-lo, valorizá-lo e administrá-lo de uma forma melhor, caso contrário, ao invés de bater de frente com Botafogo e Atlético-PR, por exemplo, terá que se contentar com os rivais locais.

Pratique Sport com a gente!