[Pedro Carmona] Técnico rubro-negro justifica ausência em Minas Gerais

(Foto: Sport Club do Recife)

 

Por Thomas Alencar – @thomasalencar11

 

No última partida, quando o Sport enfrentou o América-MG fora de casa, a ausência do meia Pedro Carmona na relação do técnico Guto Ferreira chamou a atenção, já que o jogador estava bem fisicamente e tinha estreado justamento no jogo anterior contra o Figueirense na Ilha do Retiro.

 Na tarde de ontem, no centro de treinamento, o treinador explicou a ausência do jogador até no banco de reservas: ”Sobre o Carmona, é questão de planejamento e orçamento, nos jogos fora, vamos com 20 jogadores. Então, de forma bem pontual, quando tem um jogador que faz duas, três posições, ele tá na frente de quem faz uma. Eu levei um volante, um meia, um zagueiro, um lateral para cada função e dois extremos: um que faz o papel de nove, faz uma beirada eventualmente e faz até um camisa 10, dependendo de como a gente quer e um centroavante de ofício. Foi essa a opção, um banco que me atendia da melhor maneira possível e talvez seja o banco mais equilibrado de todos os jogos que nós fizemos esse ano, nos jogos fora de casa, lógico, porque dentro de casa, você conta com 12 jogadores e aí você tem várias opções”.
O Sport enfrenta o Londrina, líder da Série B, logo mais, às 21h30. A partida é de grande importância para a equipe rubro-negra: que em caso de vitória, poderá ficar no G-4 de classificação para a Série A.