[Problema?] Mesmo no G-4, Sport tem média ruim de gols sofridos

Goleiro Maílson foi o único titular do Leão em todos os jogos da Segundona (Foto: Anderson Stevens/Sport)

 

Mateus Schuler – Recife/PE

Estar dentro do G-4 é o objetivo principal de todos os times da Série B, principalmente ao fim da competição. O Sport ocupa de maneira provisória – a vice-liderança, com 46 pontos, e tem o segundo ataque mais positivo da Segundona, mas vive um momento um tanto quanto controverso.

A defesa não mostrou solidez, sofrendo 26 gols em 27 jogos, o que é preocupação não apenas do técnico Guto Ferreira. Dos 27 confrontos em que realizou no torneio, o sistema defensivo dos rubro-negros foi vazado em 20, apesar de ser a equipe com menos derrotas até agora, com três.

Apesar disso, o Leão possui a sétima melhor defesa, ficando atrás de Bragantino, Atlético-GO, Paraná, Cuiabá, Criciúma e América-MG; já Ponte Preta e Botafogo-SP dividem a marca. Desses, o Tigre, o Bugre e o Dourado, apenas, estão na parte inferior da classificação, com os catarinenses inclusive no Z-4.

Os leoninos terão pela frente dois compromissos, na Ilha do Retiro, no intuito de se consolidar ainda mais no grupo de acesso à elite do futebol nacional. Na sexta-feira (11), recebem o São Bento, às 19h15, enquanto que na próxima segunda-feira (14) enfrentam o Cuiabá, às 20h, pelas 28ª e 29ª rodadas, respectivamente.