Retrospectiva 2019: Os 10 melhores jogos do Sport – 7º: América MG 1×2 Sport

Resultado de imagem para foto: mourão panda / américa x sport

(Foto: Mourão Panda/América F.C.)

O primeiro triunfo na Série B veio com muita emoção. Após sair perdendo, o Leão vira o jogo fora de casa com dois gols no fim

 

Lucas Araújo

 

Após o doloroso fim de 2018, o Sport entrou em 2019 com a dura missão de iniciar sua reconstrução. E apesar das dificuldades financeiras e das incertezas, o Leão conseguiu ter êxito na temporada. Sofreu um grande baque ainda em fevereiro, na eliminação vexatória diante da Tombense na Copa do Brasil, mas se recuperou no primeiro semestre conquistando o título estadual, e posteriormente o principal objetivo do ano, que foi o acesso para a primeira divisão. Selecionamos dez jogos da caminhada rubro-negra na temporada, como os melhores neste ano bem sucedido de início de reconstrução, colocando na balança critérios como importância, emoção e desempenho.

Na sétima posição, a primeira vitória na Série B, dando início ao primeiro bom momento na campanha do acesso para a elite. Após três empates em três jogos, que levantaram muitas críticas por parte dos torcedores, o Sport foi a Minas Gerais enfrentar o América, um adversário que vinha sendo um grande carrasco recente, contra quem acumulava 4 derrotas e 2 empates na década atual. Após um começo ruim e sair perdendo já na segunda etapa, o Rubro-negro buscou uma virada emocionante com dois gols nos acréscimos, virando a chave das expectativas para sua campanha no decorrer da competição.

No primeiro tempo, o goleiro Mailson foi o nome do jogo. Com muitas falhas da marcação sobretudo na cabeça de área, os americanos tiveram espaço para chutar e o arqueiro leonino fez quatro defesas difíceis na etapa inicial, garantindo o 0x0. Do outro lado, Guilherme teve a chance mais clara do jogo, mas o zagueiro salvou em cima da linha. No segundo tempo, o Leão equilibrou o jogo, mas aos 25 sofreu o primeiro gol, em chute cruzado de Ademir, que desviou em Adryelson. Com pouca inspiração ofensiva, os pernambucanos tiveram sua reviravolta nos acréscimos. Aos 46, Elton sofre pênalti e Guilherme converte para empatar, e quando o empate já era encarado como lucro, aos 49 Leandrinho dá passe espetacular para o estreante Hiury que na cara do gol, vira a partida para os pernambucanos.