COMPARTILHAR
Passagem do defensor colombiano na Ilha foi marcada por altos e baixos (Foto: Divulgação/Sport)

Após dois anos e meio, Henríquez não é mais jogador do Sport. O zagueiro fechou acordo com a diretoria nessa segunda-feira (9) e rescindiu contrato amigavelmente, abrindo mão de vencimentos que tinha direito até o fim da atual temporada, conforme falou o executivo de futebol Klauss Câmara.

Durante o período em que defendeu o Leão, atuou em 63 partidas e marcou apenas um gol, contra o América, no Pernambucano de 2016. Conquistou somente o título do Estadual, em 2017, quando teve mais oportunidades de ir a campo com a camisa rubro-negra em todos os anos.

Em 2018, participou de quatro jogos, sendo o último a eliminação vexatória para o Ferroviário na Copa do Brasil, que ocorreu no dia 15 de fevereiro. Não demonstrou ter, no entanto, regularidade na passagem pelos leoninos, o que desagradou alguns torcedores, já outros o exaltam por ser o menos frágil.

Nos últimos dois Brasileirões disputados, a equipe teve a defesa bastante vazada, fazendo o setor ser criticado ferrenhamente por não evoluir. Com a chegada de Claudinei, porém, mostrou maior solidez e sem a presença do colombiano, que ficou cada vez mais sem espaço.

Pratique Sport com a gente!