COMPARTILHAR

image

(Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

 

Por Anderson Batista*

 

Passando por uma troca de técnicos, o Vasco da Gama busca o caminho das vitórias no Brasileiro. Amanhã, o Cruzmaltino encara o Sport, tentando engatar uma sequência de bons jogos. Vindo de um bom resultado fora de casa, a expectativa é que, em São Januário, o time carioca retome o caminho positivo na competição.

Para o jogo, os vascaínos terão um velho conhecido no banco de reservas. Com o desligamento de Zé Ricardo, Jorginho terá a missão de ordenar o Vasco no campeonato brasileiro. Isso, após três anos de sua primeira passagem. O treinador foi apresentado agora na tarde desta sexta-feira e tem planos audaciosos no comando do clube: chegar bem na Copa Sul-Americana e no Brasileirão. Longe do novo comandante lutar apenas contra o rebaixamento.

Problemas

O Vasco tem problemas para montar a equipe de amanhã: Martín Silva (servindo ao Uruguai), Rafael Galhardo (entorse no tornozelo), Werley (fratura no braço), Breno (dores no joelho), Thiago Galhardo, Kelvin e Bruno Silva (lesão na coxa) e Rido (cirurgia no ombro). Baixas não faltam e Jorginho não deve promover mudanças em relação ao time que empatou contra o Cruzeiro, no Mineirão.

O provável Vasco da Gama deve ter: Fernando Miguel; Luiz Gustavo, Paulão, Ricardo e Henrique; Desábato, Andrey, Bruno Cosendey e Yago Pikachu; Wagner e Andrés Rios. Vasco da Gama e Sport se enfrentam em São Januário, às 19h. Sávio Pereira Sampaio (CBF-DF) apita o jogo, com o auxílio de Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF-DF) e Ciro Chaban Junqueira (CBF-DF).

Anderson Batista é radialista e colaborou com o site Eu Pratico Sport. 

Pratique Sport com a gente!