Atual presidente, Martorelli vence com folga as eleições do Sport

Martorelli eleições do Sport (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)Martorelli festeja ao resultado no salão social da Ilha do Retiro (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

Foi num clima de muita tranquilidade que o atual presidente do Sport, João Humberto Martorelli, venceu as eleições para comandar o clube nos próximos dois anos. A vitória sobre o candidato da oposição, Bruno Reis, foi conhecida antes mesmo do fim da apuração. Com nove das doze urnas apuradas, Martorelli já tinha 1.130 votos contra apenas 187 do outro candidato. Os números finais apontaram 1.825 votos: 1.542 para Martorelli e 276 para Bruno Reis, além de três brancos e dois nulos.

Nas primeiras palavras após a divulgação do resultado, o presidente mais uma vez endossou o sócio como prioridade da sua gestão.

– Nosso foco principal será trazer o sócio para dentro do clube. Somos uma nação de quatro milhões de torcedores, mas só temos cinco mil sócios pagantes. É um quadro que precisa ser reformulado, através de ações de marketing, sociais e culturais. O projeto da arena é outro ponto que precisa ser resgatado – afirmou.

Assim como os dias que antecederam a eleição, a movimentação na Ilha do Retiro nesta terça-feira foi muito tranquila. Os sócios que se deslocaram até o clube para votar não enfrentaram problemas com filas em momento algum. Nem mesmo os inadimplentes que precisaram regularizar a situação para participar do pleito enfrentaram problemas.

À frente do Sport desde o começo do ano, quando Luciano Bivar pediu licença do cargo, João Humberto Martorelli acumulou sucessos dentro do clube. Conquistou o Campeonato Pernambucano que há três anos o Sport perdia para o Santa Cruz e a Copa do Nordeste. Além disso, conseguiu uma boa campanha na Série A, terminando na 11ª colocação.

Para os próximos dois anos, o presidente eleito tem a missão de manter o futebol em alta, além de tocar o projeto de construção de uma arena multiuso na Ilha do Retiro. O projeto estava prestes a ser iniciado, mas o rompimento com o investidor selecionado pelo clube, a Engevix, fez com que o processo desse alguns passos para trás. De positivo, apenas o fato de o clube já ter conseguido todas as licenças com os órgãos competentes para a demolição da Ilha do Retiro e a construção de um novo estádio.

GloboEsporte.com/Lucas Liausu