Com apenas 2 mil ingressos para a torcida do Sport, qual será o planejamento da diretoria rubro-negra no próximo domingo?

(Foto: GloboEsporte)

 

 

Fiquei surpreso ao verificar a demanda de ingressos para a torcida do Sport, no primeiro jogo, contra o Fortaleza, pela Copa do Nordeste. Todos nós sabemos que o Castelão comporta 60 mil torcedores confortavelmente e, para este confronto, liberaram 50 mil bilhetes. É claro que tudo isso envolve segurança e programação de vendas. E não é isso que me chama a atenção.

O problema é no jogo do próximo final de semana. Pergunto: será que a diretoria do Sport vai liberar a arquibancada do placar, que comporta 4.500 pessoas, para a torcida do Fortaleza? Fazendo um cálculo rápido, o amigo pode chegar na intenção do texto.

Na carga de 50 mil bilhetes para hoje, somente liberaram 2 mil ingressos para a torcida do Sport. Esses números são apenas 4% da carga total demandada. Na Ilha, seguindo a lógica, o Sport não poderá liberar a arquibancada do placar para a torcida adversária sob pena de prejuízo financeiro (apostando na presença da torcida rubro-negra) e incoerência com a liberação dos ingressos de hoje.

Seguindo a linha de raciocínio dos cearenses, podemos concluir que na carga de 32.500 ingressos, que devem ser programados para o jogo de domingo, apenas 1.300 poderão ser liberados para a torcida do Fortaleza. Sendo assim, bem colocados ficarão na arquibancada da curva que fica entre a arquibancada central e a do placar.

Não estou dizendo que hoje a torcida do Leão iria demandar mais ingressos do que foi disponibilizado. Estou apenas chamando a atenção da diretoria e desejando que a torcida do Sport acorde para o time e faça o que, em tempos passados, estava fazendo: lotando a Ilha.

Vamos ver o que a diretoria vai planejar e como a torcida do Sport vai se comportar no jogo do próximo domingo.