Nos bastidores, nomes cogitados para “possível liberação” e quatro mudanças no time titular

Guto Ferreira preocupado com o clima de pressão na Ilha após derrota para o Criciúma. (Anderson Stevens/Sport)

 

Após inúmeros tropeços na Série B, culminando com a última derrota para o lanterna da competição, Guto Ferreira parece que vai mudar o time. São quatro mudanças que podem dar uma nova vida ao grupo no atual brasileiro da segundona. São, em resumo, duas prováveis mudanças para enfrentar o Botafogo/SP, na Arena de Pernambuco: duas na defesa e duas modificações no ataque.

O zagueiro Eder, que não aprovou como lateral improvisado, pode dar lugar ao titular Sander. A possibilidade existe, apesar da conversa com o repórter Alessandro Matias, na semana passada, onde o jogador destacou que não conseguia ainda nem bater os arremessos laterais. A outra opção é Guilherme Lazaroni.

Mudando de lado, o então titular Norberto tomou o terceiro cartão amarelo, no último jogo, contra o Criciúma, e é carta fora de jogo: Raul Prata deve ser o titular. Já no meio de campo, Marcão pode ter a estreia adiantada. O jogador já foi regularizado e treina há mais de uma semana no CT. Charles é outro que pode aparecer no time. O meia estava com uma lesão na coxa e inicia a transição hoje.

Dispensas?

Apareceu a especulação de que o clube pode, depois da reunião semanal da diretoria de futebol, que acontece ainda hoje, dispensar alguns atletas. Contudo, fontes dentro do Sport afirmaram que ainda não existe lista de dispensa e que tudo será conversado logo mais.

A falta de resultados no atual certame é a tônica do momento, e também o retorno dentro de campo que alguns atletas não deram ao clube. Além disso, será, se for o caso, a oportunidade de abrir espaço para novos nomes no elenco. Fala-se, no quesito liberação, nos bastidores em nomes como Sammir, Yago, Carmona, Renato e Kaio.