COMPARTILHAR

Goleiro Luan Polli é a principal novidade como titular no Leão (Foto: Anderson Stevens/Sport)

 

Por Mateus Schuler

Encaminhando o acesso à elite a cada partida, o Sport tem mais uma “final” pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (20), às 16h, o Leão vai até Pelotas para duelar com o Brasil-RS, em confronto a ser disputado no Bento Freitas, buscando a consolidação prolongada no G-4 e seguir sonhando com o título.

Ocupando a vice-liderança de maneira isolada e somando 52 pontos, os rubro-negros pretendem continuar encostados no líder Bragantino para almejar a conquista da Segundona. Nos últimos jogos, diante da torcida, tiveram saldo positivo ao vencer ambos – São Bento e Cuiabá – sem sofrer gols.

Leão com três novidades na equipe

Para a partida que pode manter os pernambucanos projetando o bi da competição, o treinador Guto Ferreira promoverá três mudanças entre os titulares que iniciaram contra o Cuiabá. Uma delas é forçada, pois o goleiro Maílson sofreu uma lesão no joelho e fica fora até o final da Série B, com Luan Polli entrando em seu lugar.

As outras duas, no meio-campo, já eram esperadas de acontecerem. Na cabeça de área, Willian Farias volta após ter sido poupado por um desgaste muscular, enquanto João Igor foi vetado pelo mesmo motivo diante do Xavante. Na armação, por outro lado, Leandrinho retorna à equipe ao cumprir suspensão, com Pedro Carmona sendo opção como reserva.

O restante do time, entretanto, permanece, uma vez que as atuações estão agradando o comandante. Caso não tenham nenhuma ausência de última hora, os leoninos irão a campo com: Luan Polli; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias e Charles; Leandrinho; Marquinho, Hernane Brocador e Guilherme.

Xavante com duas ausências e uma dúvida

O Xavante, por outro lado, ocupa o meio da tabela e já não almeja o acesso, mas também está afastado da zona de rebaixamento, já que está na 12ª colocação com 37 pontos. Para enfrentar o Leão, o Brasil não contará com o zagueiro Bruno Aguiar e o volante Leandro Leite, ambos suspensos pelo terceiro amarelo.

Na defesa, Bolívar opta pela entrada de Nirley, enquanto que Eduardo Person e Carlos Jatobá disputam espaço na cabeça de área. Por isso, os gaúchos devem ir com: Carlos Eduardo; Ednei, Nirley, Heverton e Willian Formiga; Washington e Eduardo Person (Carlos Jatobá); Murilo Rangel, Diogo Oliveira e Maicon Assis; Guilherme Queiroz.

De olho no apito

A arbitragem para o confronto será formada por um trio catarinense, todos da CBF. No comando do apito, Willian Machado Steffen, com os conterrâneos Éder Alexandre e Eli Alves Svinderski como auxiliares. O jogo é o sexto do árbitro na Segundona, a primeira envolvendo uma das duas equipes.

Pratique Sport com a gente!