Sula: Sport é eliminado em uma noite para ser esquecida

https://www.youtube.com/watch?v=-c0KCFdG7iE

 

Anderson Batista*

 

Fim da Copa Sul-Americana para o Sport. Em Barranquilla, brasileiros e colombianos terminam sem marcar gols. Como o Atlético Junior venceu o jogo de ida, na Ilha do Retiro, avançou para as semifinais da competição e terá como adversário o Flamengo. Para o Leão, é seguir na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Por falar nisso, neste domingo enfrenta a a Chapecoense, fora de casa.

Sobre o jogo, nitidamente o Junior Barranquilla não forçou muito para fazer gols. Porém, encontrou um Sport bem postado na marcação nas suas raras investidas ofensivas. Em uma noite não inspirada, Yimmi Chará não produziu tanto como na partida de ida. Inclusive, ele e González, os únicos que tentaram algo para o time da cantora Shakira.

Quando o Sport se lançava ao ataque, encontrava velhos fatores que atrapalham o time pernambucano na temporada. Passes errados e transição lenta em direção ao ataque foram alguns dos pontos negativos. O jogo “aconteceu” mais pelo lado esquerdo, com a dupla Sander e Mena, além de Rogério pelo lado direito.

Na segunda etapa, o Junior manteve a mesma tônica da etapa inicial. Muita troca de passes, administrando o resultado. Daniel Paulista, por sua vez, colocou Lenis no jogo para dar mais dinâmica na frente. Contudo, a mudança surtiu poucos efeitos. As entradas de Thallyson e Rodrigo foram mais participativas do que estruturais e visaram uma melhora. Melhora essa que ficou para trás. Final de partida: Junior Barranquilla 0 x 0 Sport.

Anderson Batista é blogger e colaborou com o Sport.